Raul Fernando do Amaral Street

Gostei0 Não Gostei0
Raul Fernando do Amaral Street momentospoliciais.blogspot.com - 1319 dias atrás


"Doca Street", como ficou mais conhecido, é um corretor de ações brasileiro.
Ficou nacionalmente conhecido depois de ter assassinado em 30 de dezembro de 1976 a socialite Ângela Diniz, com quem teve um longo relacionamento amoroso. Para viver o relacionamento com a "Pantera de Minas", como Ângela era conhecida quando namorou o colunista social Ibrahim Sued, "Doca Street" deixou sua mulher e seus filhos. Durante muito tempo foi estigmatizado de gigolô e traficante, embora sempre tivesse trabalhado com o mercado de ações, e chegou a afirmar em várias entrevistas que nunca foi traficante nem "mauricinho". Em primeiro julgamento que teve repercussão nacional dada a grande cobertura da TV Globo, foi inocentado sob o argumento da "defesa da honra", pois teria sido traído. A reação popular resultou em cancelamento desse julgamento e numa segunda ocasião, foi condenado por homicídio.
Refutando veementemente a frase muito difundida na mídia que dizia que "ele matou por amor", em 2006 lançou o livro "Mea Culpa", no qual faz um relato de aproximadamente dez anos de sua vida e a motivação pela qual matou Ângela Diniz. O livro foi escrito na prisão, e o que o motivou a escrevê-lo foi a necessidade de se ocupar, enquanto preso, para "não enlouquecer".
"Doca Street" casou outras duas vezes - antes e depois do caso - e teve três filhos.

Continuar lendo...

Relacionados

  • Comentários
Nome:
Comentário:
Código:
captcha

estatisticas